Atiradores que mataram menina e balearam irmão em tiroteio no meio da rua vão a júri popular, em Formosa – GO

0
435

Ocupantes de carro e caminhonete começaram a discutir e, durante troca de tiros, mataram acidentalmente a estudante que ia para escola.

Três homens foram mandados a júri popular acusados de matar acidentalmente a estudante Echiley Vitória Lopes de Jesus, de 8 anos, durante uma briga de trânsito em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Durante o crime, o irmão dela, de 11 anos, também foi baleado, mas sobreviveu.

Vão a julgamento por homicídio qualificado Douglas Martins Alves, Fernando Martins Alves e Jailton Alves dos Santos. O tiroteio aconteceu no dia 27 de outubro de 2015, quando as crianças iam para a escola. Câmeras de segurança registraram a discussão entre os ocupantes de uma caminhonete e um carro. A briga continuou em uma avenida próxima ao local e terminou na morte da criança.

“O Douglas e o Fernando estava na caminhonete de onde partiram os tiros que acertaram a menina e o irmão. O Jailton estava com um menor em outro carro que também atiraram, mas acertaram na caminhonete. O tiro fatal o que lesionou o garoto partiram da caminhonete e foram desferidos por Fernando, que é tio do Douglas, que estava na direção”, disse o delegado responsável pelo caso, Vytautas Zumas.

Segundo a sentença que mandou os três a júri popular, existem indícios suficientes de autoria e participação dos réus no crime. Dos acusados, Fernando segue preso e Douglas aguarda o julgamento em liberdade a sessão está prevista para o dia 26 de fevereiro.

O G1 entrou em contato por email e telefone com o advogado de defesa de Douglas e Fernando às 16h15 e aguarda um posicionamento.

Já Jailson está foragido da Justiça. De acordo com o Tribunal de Justiça, ele também foi mandando a júri popular, mas a sessão ainda não foi marcada.

O advogado de Jailson, Romulo Ribeiro Nunes, informou, por telefone, que não foi comunicado da decisão até a tarde de quarta-feira (21).

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here