Dois presos são mortos a facadas durante banho de sol na cadeia de Águas Lindas de Goiás

0
11

De acordo com a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Eduardo Ferreira Pires e Alex Araújo dos Santos foram atacados por objetos artesanais.

Dois detentos, de 27 e 29 anos, foram mortos a facadas, na terça-feira (27), na unidade prisional de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. De acordo com a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Eduardo Ferreira Pires e Alex Araújo dos Santos foram atacados no momento em que estavam no banho de sol.

Em nota, a DGAP informou que foi determinada uma sindicância para esclarecimento dos fatos. Além disto, a Polícia Civil foi acionada para abertura de um inquérito para identificar os autores.

O crime ocorreu por volta das 9h de terça-feira (20/03), no pátio da unidade prisional de Águas Lindas de Goiás, quando Alex e Eduardo seguiam para o banho de sol. Conforme a DGAP, eles foram atacados por outros presos com golpes feitos de facas artesanais.

Segundo a diretoria, agentes de plantão tentaram intervir, mas não conseguiram evitar o crime.

Fugas

O crime ocorreu um mês depois que nove presos fugiram da unidade por meio de um buraco. O incidente aconteceu por volta de 4h. Dois dos homens foram recapturados.

De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o buraco foi aberto na parede dos fundos da cela 4B, que dá acesso à rua. O órgão determinou a abertura de uma sindicância para apurar as circunstâncias da fuga.

Os foragidos foram identificados como João Francisco de Carvalho Souza, Rafael Bezerra Pereira Ferreira da Silva, Fábio Luís Silva Nunes, Carlos Alberto Carvalho Cavalcante, William Ferreira dos Santos, Elenilton Santos Carvalho e Leonardo Santos Barros. De acordo com a DGAP, eles respondem por crimes como roubo e furto.

 Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here