Foragido beneficiado pelo ‘saidão de Ano Novo’ é preso após matar homem e agredir grávida no Paranoá – DF

0
57

Caso ocorreu no sábado (06/01)depois de briga em festa no Paranoá; suspeito foi conduzido para delegacia e está à disposição da Justiça. Mulher grávida levou coronhadas e foi encaminhada com escoriações ao hospital.

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu um homem – beneficiado com o “saidão de Ano Novo” e que não havia retornado ao sistema prisional – suspeito de matar uma pessoa com um tiro na cabeça e agredir uma mulher grávida, no Paranoá, neste sábado (6). Segundo a corporação, o crime teria acontecido após uma briga em uma festa durante esta madrugada.

Os militares que participaram da ocorrência informaram que, depois da confusão, o suspeito deixou o evento, mas retornou horas depois portando uma arma de fogo. Ele atirou contra a vítima e deu coronhadas na grávida, que tentou evitar que os disparos ocorressem.

A mulher foi levada ao Hospital Regional do Paranoá e apresentava escoriações pelo corpo. O suspeito conseguiu fugir, ao lado de uma outra pessoa, em um veículo roubado. O carro foi localizado próximo a um terreno baldio, na Quadra 25 do Condomínio Del Lago.

Um dos ocupantes do automóvel foi abordado pelos PMs, mas o suspeito de ter praticado o homicídio teria pulado um muro de uma das casas da região. Os policiais realizaram buscas pela área e o localizaram em cima do telhado de uma das residências. Os dois foram levados para a 6ª Delegacia de Polícia.

O homem responsável pelos disparos tinha sido beneficiado pelo “saidão de Ano Novo”. Agora, ele está à disposição da Justiça e responderá por homicídio, tentativa de homicídio e roubo de veículo. A outra pessoa detida foi autuada por roubo de veículo.

‘Saidão’

A Secretaria de Segurança Pública informou na última quarta-feira (3) que quatro detentos soltos durante o “saidão de Ano Novo” não retornaram ao sistema penitenciário. O número representa 0,38% dos 1.041 presos do semiaberto que foram liberados. O saidão foi entre 29 de dezembro e 2 janeiro.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here