Homem é enterrado como indigente por engano, em Sobradinho – DF

0
10

Em vão, irmã percorreu 1,6 mil quilômetros para se despedir do homem, vítima de atropelamento

Um engano fez com que uma vítima de atropelamento fosse enterrada como indigente no Cemitério de Sobradinho. Os parentes de Domingos Alves de Moraes, 58 anos, denunciam que o corpo foi sepultado antes do horário previsto, na ausência dos familiares. O procedimento, providenciado pelo Serviço Social do governo, ocorreu na tarde da última sexta-feira (11). O Cemitério Campo da Esperança e o governo repassam a responsabilidade um ao outro.

 

O acidente

Domingos Alves de Moraes morreu após ser atropelado na DF-425. O acidente ocorreu  em 7 de abril deste ano, em Sobradinho, em frente ao Condomínio Fraternidade. O local é próximo à casa de Luís, que é casado com uma sobrinha da vítima. Mal sabiam eles da tragédia.

O motorista que atropelou Domingos estava embriagado. A constatação foi registrada em boletim de ocorrência na 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho).

Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here